terça-feira, 13 de setembro de 2011

RESGATE DA MEMÓRIA

Resgate da memória do Sistema Penitenciário Paulista

                   O conceito memória, enquanto fenômeno social, se apresenta como um processo histórico e tradicional que observa e analisa as características culturais de um determinado povo.

                   A sociedade, como produtora de conhecimento, deve, sem dúvida, preservar sua história e sua cultura, pois entende-se que delas provém a identidade do povo.


                   Preservar significa um conjunto de procedimentos e medidas que proporcionam a segurança física dos objetos que resgatam a memória de um grupo. A partir desse conceito, pensou-se na construção de uma sede para o Museu Penitenciário Paulista, já que para realizar os procedimentos de preservação, conservação e difusão da memória, faz-se necessário uma sede, que possa resgatar e salvar, guardar a história do Sistema Penitenciário Paulista, além de contribuir para a criação do sentimento de pertinência a um grupo de passado comum que compartilha de memórias e lembranças, valoriza e potencializa um sentimento de pertencimento de um individuo em relação a um grupo ao qual se identifica.