quarta-feira, 1 de agosto de 2012

MUSEU NACIONAL DAS PRISÕES

clique na imagem para zoom

     A prisão domiciliar de Fontainebleau, na França, foi construída em 1845 junto ao Tribunal Superior, e fechou suas portas em 1990. A arquitetura prisio­nal é do século XIX e segue o modelo do panóptico. Na prisão, existiam dois corre­dores com trinta celas. Já no porão havia uma cela de castigo (cela disciplinar). 



     O Museu Nacional das Pri­sões abriu suas portas em 1995, e neste edifício, que abrigavam a prisão domici­liar de Fontainebleau estão armazenadas coleções de todas as prisões da França. Atualmente, abriga coleções que visam retratar a história da prisão desde o século XVI. As coleções estão distribui­das em: etnográficas; foto­gráficos ( incluindo a coleção de Henri Manuel do ínicio dos anos 30), e documentação (manuscritos, gravuras, dese­nhos arquitetônicos).

     O Museu abre as portas para visitação somente com agendamento prévio e hora marcada, através de visitas em grupos, liderados por um alto-falante. Conta, ainda, com exposições temporárias.