quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Com a palavra o servidor


   Foi para mim muito valioso a gravação para o projeto de memória oral do sistema penitenciário paulista. Louvável, importante e altamente significativa à ideia da colheita de dados a serem utilizados numa peça única sobre as atividades desenvolvidas pelo sistema penitenciário, vivenciado por antigos servidores, propiciando melhor entendimento dos visitantes na apreciação das peças que irão compor a nova sede do museu.
   Na minha manifestação, procurei vencer as dificuldades de abordagem aberta de um tema que implica grande variedade de conhecimentos doutrinários e empíricos referentes ao desempenho da administração penitenciária, dando sequência lógica, - apresentação, discussão – e conclusão, embora de forma genérica e superficial própria de um mero pronunciamento.
   No caso específico da minha abordagem, entendo que ela pode ser comentada, discutida, analisada, etc.
   
                         Luiz Carlos Berbare de Souza    
                                               Ex Diretor de Estabelecimentos Penais