segunda-feira, 11 de março de 2013

ANIVERSÁRIO DA SAP, 2013

clique na imagem para Zoom
         No dia 4 de janeiro de 2013 a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) completou vinte anos. 

          Para comemorar a data, o Secretário de Estado da Administração Penitenciária, Lourival Gomes, por meio da equipe do Museu Penitenciário Paulista (MPP) promoveu ato ecumênico no “Auditório João de Deus”, na sede da Secretaria, com a participação de servidores e convidados.


         O ato ecumênico contou ainda com as palavras do Secretario Adjunto, Walter Erwin Hoffgen e do diretor do Centro de Detenção Provisória CDP de Pinheiros II, Guilherme Silveira Rodrigues. A palestra de encerramento ficou por conta do historiador William Costa Santiago.

         O Evento foi apresentado pelo diretor do MPP, Sidney Soares que aproveitou a oportunidade para introduzir a reflexão sobre a importância do sistema penitenciário para a sociedade.

         O Secretário fez um levantamento histórico do sistema penitenciário dando ênfase à criação da Secretaria. Observou ainda que hoje em dia preparamos as bases para o futuro do sistema, ressaltando o crescimento da população prisional. “Sabemos da nossa responsabilidade junto à sociedade e da importância dos servidores penitenciários, que dão toda estrutura e suporte para o bom funcionamento da Secretaria como um todo” reconheceu Gomes.

         O Secretário Adjunto lembrou-se do tempo em que atuava como diretor citou as diversas unidades que dirigiu conferindo o titulo de “bravos” aos servidores com quem conviveu. Já o diretor Rodrigues, emocionou-se ao citar a dedicação dos que trabalhavam na antiga Casa de Detenção realçando a importância do trabalho dos Agentes de Segurança e dos Agentes de Escolta e Vigilância Penitenciária.

         Em sua palestra, o historiador William Costa Santiago destacou nomes de ícones da história da civilização que agiram a partir de princípios humanísticos, independentemente de religião ou filosofia de vida, como Jesus Cristo, Mahatma Gandhi, Madre Teresa de Calcutá ou Martin Luther King fazendo uma relação destes princípios com a missão desta Pasta em “promover a execução administrativa das penas privativas de liberdade, das medidas de segurança detentivas e das penas alternativas à prisão, cominadas pela justiça comum e proporcionar as condições necessárias de assistência e promoção ao preso para sua reinserção social, preservando sua dignidade como cidadão”.

         Ao fim do evento os presentes dedicaram uma salva de palmas aos servidores do sistema penitenciário, em homenagem por estes 20 anos de dedicação e trabalho.