sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

MUSEO DEL CARCERE

clique na imagem para zoom
         O museu funciona no prédio do antigo presídio “Le Nuove” em Turim, Itália.  Construído entre 1862 e 1870 o presídio foi projetado como unidade de isolamento total.

         Sua arquitetura é disposta em raios transversais, derivada do sistema panóptico (uma estrutura central a partir do qual os braços de ramificação de modo a permitir o controle simultâneo de cada corredor). Existiam 648 celas de tamanho 4x2 ou 2,6 x3 metros, cada uma com uma janela de 2,10 metros do chão, na forma de “cotovias” projetadas para se ver apenas o céu.

         Durante o período fascista, o presídio serviu como um centro de detenção e tortura de milhares de homens e mulheres (em alguns casos, até mesmo crianças) que após a aliança da Itália com a Alemanha, na maioria dos casos foram enviados para campos de extermínio nazista.

         Em 26 de julho de 1943, quando se espalhou a notícia da queda do regime fascista, centenas de pessoas saíram de seus esconderijos e foram para a prisão exigir a libertação de presos políticos. A multidão invadiu o pátio e foram libertados cerca de 500 prisioneiros.