sexta-feira, 16 de maio de 2014

FORT JESUS MUSEUM - QUÊNIA

MUSEUS PELO MUNDO
clique na imagem para zoom
 
 Foi construído por portugueses no final do século XVI, no extremo sul da cidade de Mombasa, no Quênia. Ao longo de uma conturbada história, o Forte mudou de mãos, nada menos que nove vezes, entre portugueses e árabes.

     O Fort Jesus de Mombasa foi testemunha da primeira tentativa bem sucedida da civilização ocidental para governar os indianos e as rotas comerciais marítimas do oriente.

     Entre 1837 e 1895, foi usado como quartel, em primeiro de Julho de 1895, sob domínio dos ingleses foi convertido em prisão.

     As cabanas foram removidas e as células construídas.

clique na imagem para zoom
     Com paredes imponentes e cinco bastiões, reflete a teoria da arquitetura militar do Renascimento.

     O Forte foi um ponto estratégico no intercâmbio de valores culturais e influências entre os povos africanos, turco, persa, árabe e europeus.

     No dia 24 de Outubro de 1958,  foi declarado um Parque Nacional do Quênia. O Forte tornou-se um museu em 1962. E é agora um importante marco histórico na região do leste africano.